PADRE JAMES E MINISTROS

PADRE JAMES E MINISTROS

PADRE JAMES E ACÓLITOS

PADRE JAMES E ACÓLITOS

PAPA FRANCISCO

PAPA FRANCISCO

LEITURA DIÁRIA DA PALAVRA - Clique na imagem

DIRETOR PROVINCIAL SALVATORIANO

DIRETOR PROVINCIAL SALVATORIANO
Pe. Álvaro Macagnan

sábado, 2 de agosto de 2014

SEGUNDO DOMINGO DE AGOSTO - VOCAÇÃO FAMILIAR

FAMÍLIA PEREIRA DA LUZ

No segundo domingo de agosto a Igreja celebra a vocação da família na pessoa do pai. Em tempos de violência e perda de valores, a valorização da família é essencial para a sociedade como um todo. A família é chamada por Deus a ser testemunha do amor e da fraternidade, colaboradora da obra da Criação.
 
Para bem comemorar este dia, a Pastoral da Comunicação homenageia todas as famílias coelhonetenses e todos os pais com uma mensagem para o casal da nossa Igreja representando todas as famílias - Dona Jesus Pereira e Sr. Antonio Pereira da Luz.

HOMENAGEM À FAMÍLIA
(Autora: Elian Maria Bantim Sousa)

Conviver é um dos grandes desafios da vida, além de ser um grande aprendizado. Conviver é revelar-se dia a dia, é doar-se, é desprender-se de si mesmo.

Não, não é fácil a caminhada a dois, ela é cheia de obstáculos, de tropeços, de dificuldades. Mas as grandes vitórias são frutos de grandes aprendizados, de grandes dificuldades e para estar no pódio é preciso batalhar, suar, cair...somente dessa forma se alcança o êxito.

Um dia, esta união começou coroada de alegrias, de grandes esperanças, na certeza de que uma nova família estava ali se formando, família que trazia em seu bojo a certeza da união eterna, união esta que somente Deus seria capaz de separar, pois o que Deus uniu o homem não separa.

Nestes anos de convivência há muito que falar. Com certeza houveram momentos tristes, momentos de incompreensões, momentos em que não foi possível o diálogo, enfim momentos obscuros. Mas a certeza do amor superou todas as adversidades, a certeza de que Deus os uniu para a eternidade falou mais alto, a certeza de que uma família não poderia cair no caos, deu-lhes vigor para continuar adiante superando os percalços, afastando as pedras do caminho, afinal não tinham mais somente a si, tinham gerado novos seres que agora  dependeriam deles: seus filhos amados. E somente unidos, seriam fortes o bastante para encaminhá-los à vida e assim também fazê-los pais e mães, homens e mulheres dotados de honra e dignidade, seus sucessores, sangues dos seus sangues, vidas de suas vidas.

E assim esta união perdura, entre flores e espinhos, entre alegrias e tristezas, mas perdura porque o amor fala mais alto, a compreensão passa a ser sinal visível, o diálogo é o alicerce para o entendimento, e assim seguem ANTONIO e MARIA DE JESUS, vivendo, há 47 Anos, a união fraterna abençoada por Deus, partilhando tudo em comum, vivendo a alegria de poder olhar pra trás e perceber quantos caminhos trilharam, quantos obstáculos venceram e quanto muito ainda há por vir. Por isso é preciso força, coragem e ousadia.

Vivam e peçam a Deus a cada dia por esse amor, peçam pelos seus sonhos e projetos e coloquem tudo nas mãos daquele que um dia os abençoou e os fizeram chegar até aqui, convictos de que a verdadeira aliança é indissolúvel, e que o verdadeiro amor é aquele que permanece intacto, apesar dos grandes empecilhos da vida.

Deus ainda tem muitos planos para vocês, sigam firmes, unidos e fraternos na caminhada a dois, doem-se um ao outro, saibam o momento de calar para não magoar, saibam que ainda têm muito a percorrer e somente unidos conseguirão, agora não são mais dois, são uma só carne unidos por Deus e para Deus.

Parabéns! Esta é uma vitória, que só uns poucos conseguem, e vocês conseguiram porque foram capazes, foram fortes e não deixaram os espinhos sufocar esta união que hoje é celebrada por todos que os amam.

Felicidades eternas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário