ADQUIRA A SUA - VALOR R$ 22,00

ADQUIRA A SUA - VALOR R$ 22,00

1ª CORRIDA DE SANT'ANA FAÇA SUA NA SECRETARIA PAROQUIAL

1ª CORRIDA DE SANT'ANA FAÇA SUA NA SECRETARIA PAROQUIAL

.

.

.

.

ADQUIRA SUA CARTELA - R$ 10,00

ADQUIRA SUA CARTELA - R$ 10,00

PADRE JAMES E MINISTROS

PADRE JAMES E MINISTROS

PADRE JAMES E ACÓLITOS

PADRE JAMES E ACÓLITOS

PAPA FRANCISCO

PAPA FRANCISCO

LEITURA DIÁRIA DA PALAVRA - Clique na imagem

DIRETOR PROVINCIAL SALVATORIANO

DIRETOR PROVINCIAL SALVATORIANO
Pe. Álvaro Macagnan

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

DIOCESE DE BREJO REALIZA ENCONTRO DE FORMAÇÃO MISSIONÁRIA


Nos dias 27 e 28 de janeiro, reuniram-se no Centro Diocesano de Formação, em Brejo-MA, padres, religiosos, religiosas, seminaristas, leigos e leigas das paróquias que compõem a Diocese de Brejo, para o Encontro Diocesano de Formação Missionária cujo tema foi: Vocação Missionária e Metodologia das Santas Missões Populares. O tema contempla as prioridades trabalhadas na Assembleia Diocesana, em consonância com as Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil. 

A formação foi ministrada pelo Pe. Humberto Guidotti, professor do IESMA (Instituto de Estudos Superiores do Maranhão) e Assessor das Pastorais Sociais da CNBB.

A Região Sul 1, que engloba Coelho Neto, Afonso Cunha e Duque Bacelar esteve presente. A Paróquia Sant’Ana - Coelho Neto foi representada por Ronaldo Oliveira, Carlos Montes e Elian Bantim.

O encontro teve início no dia 27, às 8h, com um momento rico de oração conduzido por Irmã Lúcia, seguido da acolhida das cinco regiões e suas respectivas paróquias. Em seguida, nosso Bispo Dom José Valdeci agradeceu a presença de todos os representantes e apresentou o Padre Humberto Guidotti, agradecendo-o pela disponibilidade em ministrar a formação. Complementando, nosso Bispo ressaltou sobre as Ações e Prioridades para 2012, sendo esta formação enquadrada na 1ª Urgência – Igreja em estado permanente de missão, que tem como prioridade motivar a Diocese de Brejo para, a partir de Jesus Cristo agir como missionária do pai por meio das Santas Missões Populares, levando a atuar junto às famílias e na transformação da realidade. 

Pe. Guidotti iniciou a formação com a seguinte indagação: Que força tem a palavra “missão”? Posteriormente acrescentou que ela mobiliza, mexe com o coração das pessoas, com nossas comunidades, com a nossa identidade, nos inquieta e nos desafia. Nenhum de nós se realiza como padre; nenhum de nós se realiza na profundeza do ser, se não tiver o espírito missionário. Sabe por quê? Porque ser missionário é sempre para fora; é sair de si. Assim como Jesus Cristo não foi para si, mas foi para nós. Assim é o ser cristão, o ser padre. 

Às 19h30min, após o jantar, a assembléia reuniu-se para a apresentação de vídeos que refletiram sobre o que é ser missionário e suas ações concretas e desafiadoras na sociedade atual. Pe. Guidotti fez as conclusões finais dos vídeos e em seguida se despediu agradecendo pela atenção.

O dia 28 teve início às 6h30min com a Santa Missa presidida por Dom José Valdeci. Neste dia, na manhã e parte da tarde, a formação foi conduzida por nosso Bispo o qual complementou o assunto chamando atenção para a importância da dimensão missionária, e a caracterizou como uma espiritualidade: “Ser missionário é essencialmente uma espiritualidade. E espírito é aquilo que dá vigor e força. O sermos Igreja nasce daí”.

Diante dessa proposta, Dom José Valdeci dirigiu os trabalhos em grupos onde se meditou toda a essência da missão, sendo em seguida apresentados em plenária.

Sem dúvida esse encontro foi o momento mais significativo de nossa diocese nestes últimos anos, um sinal de que a comunhão está acontecendo. Olhávamos todos na mesma direção, com novas perspectivas e esperança de um mundo melhor para todos.

Conforme o Documento de Aparecida, a missão deve perpassar todas as instâncias de nossa pastoral e deve ser continuada. O mundo tem sede de Deus. É preciso despertar nas pessoas o gosto pelo testemunho e pelo anúncio do Evangelho de Jesus Cristo feito de maneira gratuita e itinerante. Portanto, vivamos com alegria nossa missão e sejamos verdadeiros cristãos impregnados da espiritualidade missionária para que o Reino de Deus aconteça no hoje de nossa vida. 

Que Maria nossa mãe e mãe da Igreja, interceda por nós para na alegria do Cristo ressuscitado vivermos com intensidade e coragem a missão a nós confiada.

Que as bênçãos de Deus e a proteção de São Francisco Xavier e de Santa Teresinha, padroeiros da missão, sejam derramadas sobre todos os missionários.


ORAÇÃO INICIAL CONDUZIDA POR IRMÃ LÚCIA
ABERTURA DOM JOSÉ VALDECI

SANTA MISSA PRESIDIDA POR PE. GUIDOTTI
SANTA MISSA PRESIDIDA POR DOM JOSÉ VALDECI
MOMENTO DE DESCONTRAÇÃO - O TRIO, PE. ANTONIO, PE. GUIDOTTI E RONALDO INTERPRETANDO PE. ZEZINHO

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

MENSAGEM PARA REFLEXÃO


A HISTÓRIA DO GIZ
 
Houve, parece incrível, um professor que ensinava o ateísmo puro e crasso: “Deus não existe”. Isso durante vinte anos, sem que alguém o enfrentasse, porque tinham medo dele.

No final de um semestre, ele lançou um desafiante perante os estudantes:

- Se houver alguém nesta classe que ainda acredita em Deus, que se ponha de pé. Quem acredita em Deus é um ignorante. Se Deus existisse, poderia evitar que esse giz caísse no chão e não se quebrasse. 

Fizera este desafio durante anos e anos. E o giz se despedaçava cada vez. Até que um dia apareceu um estudante corajoso e aceitou o desafio. Rezara durante vários meses para Deus lhe dar coragem. Após o desafio costumeiro, ele se levantou. O professor gritou:
- Você é um bobo. Se, durante todo o semestre, não se convenceu que Deus não existe, repito, você é um bobo. Se Deus existe, que venha impedir este giz de se quebrar no chão.

E jogou o giz no chão. Mas o giz resvalou entre os dedos, escorregou pela roupa até o sapato e rolou no piso, rodando sem se quebrar. O professor ficou de boca aberta, observando o giz intacto. Depois olhou para o rapaz e saiu às pressas da sala, vencido e envergonhado.

Palavra de vida: Disse o ímpio em seu coração: “Deus não existe”. E se corrompe e age mal (Sl 13,1).

Fonte: http://www.npdbrasil.com.br/religiao/licoes_de_vida_0019.htm#msg02

domingo, 22 de janeiro de 2012

APOSTOLADO DA ORAÇÃO REALIZA ENCONTRO DE FORMAÇÃO

No dia 22/01, foi realizado no Centro de Formação Padre Jordan, das 8h às 16h30min, o Encontro do Apostolado da Oração que teve como tema: Oração e Ação, caminho para a santidade. O evento contou com vários membros do apostolado de Coelho Neto, bem como da cidade de Buriti, ambas da Região Sul 1, Diocese de Brejo-MA.

Esta formação foi organizada com muito carinho pela comissão do Apostolado da Oração, e, em especial, por Delzuita, presidente do movimento em nossa Paróquia e é com esse carinho que ela, através deste blog, agradece a todas as pessoas que se fizeram presentes, e todos que colaboraram de alguma maneira para que esse encontro acontecesse.

O Apostolado teve a honra de contar com a presença dos Seminaristas de Brejo, Joel e Felipe que ministraram a palestra, além de animar com voz e violão. Os convidados foram acolhidos pela presidente do apostolado e em seguida foi dado sequência ao encontro, com as palestras que enriqueceram e evangelizaram.

Que o Sagrado Coração de Jesus junto com o Imaculado Coração de Maria abençoe a todos.
Confira a mensagem de abertura da Presidente do Apostolado da Oração.

Bom dia irmãos e irmãs!
Sejam todos bem-vindos!
Que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a Comunhão do Espírito Santo estejam presentes em nossos corações.      
                                       
Iniciamos a abertura deste encontro, relatando um pequeno traço do Apostolado da Oração a nível mundial. Esse movimento da Igreja Católica nasceu perto de Le Puy, na França, numa casa de estudos da Companhia de Jesus.

No ano de 1844, no dia da festa de São Francisco Xavier, o padre Francisco Xavier, explicou a um grupo de estudantes, que com oração e sacrifício poderiam levar preciosíssimo auxílio àqueles que trabalhavam na seara do Senhor.

A idéia proposta naquela ocasião deu origem ao Apostolado da Oração, e foram imediatamente concretizadas por aqueles jovens, divulgadas, depois, por alguns sacerdotes nas regiões vizinhas, tornaram então essas ideias conhecidas em toda França, e não tardaram a ser conhecida por outras nações, sendo uma delas o nosso querido Brasil.

Essas sementes que foram plantadas há 168 anos começaram a dar os primeiros sinais de germinação em nossa Paróquia, em 1982 pelas irmãs Ursulinas que ofereceram seus trabalhos, estudos bíblicos e suas alegrias em espírito apostólico, portanto, 30 anos de sementes lançadas até a data atual.

E nesse germinar de amor e alegria é que acolhemos hoje em nossa comunidade, 30 membros do Apostolado da Oração da cidade vizinha de Buriti, parte da nossa região diocesana. Nos unimos aqui para refletirmos sobre o tema: Oração e ação, caminho para a santidade. Tema este que culminará em ações concretas, a partir da nossa dinâmica como cristãos, unindo oração, vida e obras.

Esta reflexão muito contribuirá para nossa caminhada apostólica, caminhada de serviço à Igreja e aos irmãos, lembrando que recebemos de Cristo uma missão, como Ele mesmo bem enfatizou no seu Evangelho, Ide, portanto, e fazei discípulos todos os povos.”

Também hoje neste encontro, teremos a oportunidade de analisar nossa caminhada como igreja, como irmãos e como colaboradores de Cristo. Sabemos que ainda temos muito a realizar, é pesada nossa tarefa, porém gratificante. É Deus quem nos guia nesta missão, e como Maria devemos dar o nosso sim e guardar em silêncio no coração todas as alegrias e tribulações que cercam a nossa vida.

Em comunhão com a Igreja de Cristo, nosso pároco Padre Álvaro e nosso pastor maior, Dom José Valdeci, possamos ser luz para muitos que se encontram na escuridão, pois não se acende um candeeiro para guardá-lo debaixo da cama, mas para que seja visto por todos. E assim como Deus nos mandou, devemos obedecê-lo e irmos além, dando o melhor de nós.

Com a graça de Deus e o zelo de Maria, nossa mãe, possamos neste ano de 2012 intensificar nosso espírito de unidade e comunhão, semeando a Palavra de Deus com disposição, não nos preocupando com o tipo de terreno que iremos encontrar, não cabe a nós julgar a terra, nossa missão é semear e assim devemos fazer com toda humildade e perseverança, para adiante colhermos os frutos.

Que todos nós, colaboradores e colaboradoras do Apostolado da Oração, sacerdotes e missionários possamos brindar essa data de hoje com amor, felicidade e esperança, unidos num mesmo ideal.

Um abençoado e feliz encontro para todos nós.
Irmã Delzuita

Delzuita - Presidente do Apostolado da Oração
Conceição, Irmão Paulo e França
Felipe e Joel



quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

PASTORAL DA MÚSICA PROMOVE ENCONTRO DE FORMAÇÃO

O Coordenador da Pastoral da Música, Geraldo Tavares Borba Filho, em articulação com os Seminaristas da Diocese de Brejo, Joel e Felipe, promove no dia 23 de janeiro um Encontro de Formação - Canto e Música Litúrgica, para os músicos e cantores da Paróquia Sant'ana.O encontro será realizado no Centro de Formação Padre Jordan, às 19h.

O Documento da CNBB sobre a música na liturgia (Estudos, n. 79) lembra que “o canto cria comunidade, liga as pessoas entre si, e mais eficazmente as põe em sintonia com o Mistério de Deus” (n. 6).  

GERALDO TAVARES, COORDENADOR DA PASTORAL DA MÚSICA

SEMINARISTA JOEL

SEMINARISTA FELIPE

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

DIOCESE DE BALSAS SEDIA REUNIÃO DOS BISPOS DO REGIONAL NORDESTE 5

FONTE: http://www.cnbbne5.org.br/noticias/2012/1/16/diocese-de-balsas-sedia-reuniao-dos-bispos-do-regional-nordeste-5/

A diocese de Balsas (MA) foi sede da 1ª reunião, de 2012, dos bispos do Regional Nordeste 5 da CNBB (Maranhão). 

Estiveram presentes 15 bispos representando as 12 dioceses do Regional, entre eles, dois bispos eméritos: dom Xavier Gilles, da diocese de Viana e dom Luis D`Andrea, da diocese de Caxias.

A reunião teve início no dia 10, terça-feira e terminou sexta-feira 13. O local de acolhida foi o Centro de Formação Nossa Senhora de Guadalupe, em Balsas. Os bispos debateram a convivência episcopal, a partilha das experiências pastorais, a avaliação da caminhada das dioceses e do Regional e o planejamento das atividades da Igreja do Maranhão do ano em curso. No decorrer da reunião foi destinado também um espaço para os coordenadores regionais da Pastoral Familiar, das Comunidades Eclesiais de Base (CEB’s), do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) e da Pastoral da Comunicação (Pascom).

Outros destaques nesta primeira reunião do ano foram as formulações das propostas para a realização da Assembleia das Pastorais Sociais e da 5ª Semana Social Brasileira; a acolhida dos Símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ); a próxima Romaria da Terra e das Águas; a Campanha da Fraternidade 2013; Projeto Além Fronteiras; diaconado permanente, entre outros.

No dia 12, aconteceu na Catedral do Sagrado Coração de Jesus a missa de envio, que foi presidida por dom Gilberto Pastana, bispo de Imperatriz e presidente do Regional.

domingo, 15 de janeiro de 2012

DIOCESE DE BREJO REALIZA REPASSE DA CF 2012


Com o objetivo de animar e preparar as paróquias para a Campanha da Fraternidade 2012, a Diocese de Brejo realizou durante os dias 13 e 14 de janeiro o encontro de repasse e capacitação sobre a CF, que contou com a presença de vários multiplicadores oriundos de diversos municípios da Diocese.  
O encontro foi realizado no Centro de Diocesano de Formação e coordenado pela Equipe Diocesana de Campanha que em outubro de 2011, dias 23 e 24 já havia participado da Capacitação do Regional Nordeste 5 para a Campanha da Fraternidade, onde foi realizado o repasse para os representantes de todas as dioceses do Maranhão.

De acordo com Irmã Lúcia, membro da Equipe Diocesana de Campanha, o objetivo do repasse é dar formação para que essas pessoas possam animar a Campanha da Fraternidade nas suas paróquias e comunidades. A irmã acrescentou ainda que o primeiro subsídio é essa capacitação.

A CF 2012 tem como tema “Fraternidade e Saúde Pública”, e como lema “Que a Saúde se difunda sobre a Terra”, dentro desta perspectiva, destacou-se sobre a realidade da Saúde Pública nos vinte e um municípios e em nível nacional, propondo debates e reflexões sobre o assunto.

Na oportunidade, nosso Bispo - Dom José Valdeci, sempre presente e acolhedor, destacou sobre os problemas mais sérios enfrentados pela sociedade e que precisam ser trabalhados, pois a Igreja consegue suscitar o debate em órgãos públicos, nas escolas, nas empresas e com a população em geral. O objetivo maior da campanha é que haja mudança de atitude, mudança de comportamento, nas pessoas e nos gestores públicos. Acrescentou ainda sobre as Prioridades e respectivas Ações a serem trabalhadas em consonância com as Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil. Para firmar essas prioridades, e manter os paroquianos atentos aquilo que a Igreja Diocesana propôs, Dom José Valdeci organizou o Calendário 2012, contendo todo o Planejamento da Ação Evangelizadora Pastoral.

O lançamento da Campanha da Fraternidade acontece na quarta-feira de cinzas, que este ano cairá no dia 22 de fevereiro. No Domingo de Ramos acontece a Coleta Nacional da Solidariedade, onde 60% do valor arrecadado será destinado ao Fundo Diocesano de Solidariedade e 40% para o Fundo Nacional de Solidariedade, que são revertidos em um Gesto Concreto, ou seja, ações positivas dentro da sociedade tendo como base a temática da campanha.
Confira algumas fotos do evento na Diocese de Brejo. 

CALENDÁRIO DIOCESANO 2012
IRMÃ LÚCIA CONDUZINDO A ORAÇÃO INICIAL
PE. CHAGAS E JAIRO - COORDENADORES DO ENCONTRO
TRABALHO EM GRUPO - REGIÃO SUL 1: COELHO NETO, DUQUE BACELAR, AFONSO CUNHA
NOSSO BISPO RECÉM CHEGADO DE UM ENCONTRO EM BALSAS (PRIVATIVA DOS BISPOS), MAS O TEMPO PERMITIU SEU PRONUNCIAMENTO
BÊNÇÃO FINAL