PADRE JAMES E MINISTROS

PADRE JAMES E MINISTROS

PADRE JAMES E ACÓLITOS

PADRE JAMES E ACÓLITOS

PAPA FRANCISCO

PAPA FRANCISCO

LEITURA DIÁRIA DA PALAVRA - Clique na imagem

DIRETOR PROVINCIAL SALVATORIANO

DIRETOR PROVINCIAL SALVATORIANO
Pe. Álvaro Macagnan

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

LEITORES NAS CELEBRAÇÕES LITÚRGICAS


Dentro do conjunto dos ministérios litúrgicos na Igreja, o leitor tem uma importância fundamental, pois ele é incumbido de proclamar para os irmãos reunidos em assembleia litúrgica a Palavra de Deus. Por meio de sua voz, Deus se comunica com seu povo. A função de proclamar a Palavra de Deus na liturgia é central na liturgia cristã, pois, não existe celebração sem a proclamação da Palavra. Por isto, é um verdadeiro ministério, um serviço prestado a toda a comunidade cristã, que se reúne para celebrar o mistério de Cristo, ouvir sua Palavra e partilhar a Eucaristia.

Ser leitor na Igreja é um serviço à Palavra de Deus e à comunidade que se reúne em assembleia para celebrar. O leitor é um mediador entre Deus e a comunidade celebrante. Daí a exigência de exercer tal ministério de maneira digna e eficaz, ele é, por assim dizer, a voz de Cristo para a comunidade.

A constituição sobre a Liturgia Sacrosantum Concilium, do Concílio Vaticano II, afirma no nº. 29 que: “Os leitores... Exercem um verdadeiro ministério litúrgico”. Isto significa que trata-se de um ministério (serviço) comunitário, eclesial, ou seja, prestado em favor de toda a comunidade reunida para celebrar.

O leitor é alguém que, em nome, e com a aprovação da assembleia celebrante, dirige-se a mesa da Palavra, para proclamar em voz alta para todos o que o próprio Deus tem a dizer durante a celebração. 

Na nossa paróquia, mensalmente, é preparada e afixada a escala dos leitores para as celebrações do mês.

Para participar da Pastoral Litúrgica entre em contato com a secretaria paroquial, para saber dia e horário das reuniões.

O blog selecionou apenas alguns leitores e salmistas da comunidade matriz e dos bairros para ilustrar a matéria.



















Nenhum comentário:

Postar um comentário